Parlamentarismo e Realidade Nacional

Este produto da experiência universitária, que envolve a pesquisa e o debate técnico-científico, é também o resultado da vivência política do autor, além de sua longa tradição histórica, de cinco gerações parlamentares, com raízes na luta pela independência.
A obra divide-se em duas partes. Na primeira, com leitura bem acessível, são indicados argumentos em favor do sistema parlamentar, decorrentes de análise política e justificativas históricas. Com conceitos claros e didáticos sobre os sistemas de governo, Bonifácio de Andrada disserta, fundamentalmente, a respeito do assunto e entra logo nos elementos comparativos das duas alternativas: Parlamentarismo ou Presidencialismo. As vantagens do Parlamentarismo e as deficiências do Presidencialismo são aí mencionadas.
Vários temas em discussão, vinculados ao problema, com o voto distrital, os partidos políticos, o funcionamento da administração, a tecnocracia, a política econômico-financeira, são focalizados com desenvoltura. O surgimento do Presidencialismo, como solução imediata em torno do General Washington, nos Estados Unidos, e a lenta construção democrática do sistema parlamentar na Inglaterra, e também no Brasil, constituem capítulos de relevante análise.
Fatos ligados aos governos militares e á atualidade brasileira, como o impeachment do Presidente Collor, vêm mencionados com apreciações objetivas.
Na segunda parte, o autor reúne, tecnicamente, documentos e comentários sobre o Direito Positivo de vários povos que adotam o modelo parlamentarista e também o chamado modelo misto, anexando dispositivos constitucionais sobre a experiência estrangeira e fornecendo, no tocante ao Brasil, informações sobre o regime de Gabinete no Império e na República, 1961-1963. As nossas práticas parlamentaristas do século passado são indicadas com levantamentos históricos e dispositivos do Regimento da Câmara dos Deputados de 1871. Não foge o autor de incluir uma seção com rápidas sugestões para a adoção do sistema parlamente entre nós. (Apresentação da 1ª edição.)